Audiência nesta sexta(28); pavimentação da BR-242 representa um novo boom de desenvolvimento

    Pelo menos metade do Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio de Mato Grosso deve participar da audiência pública, na próxima sexta-feira (28), a partir das 14 horas, em Nova Ubiratã – 482 quilômetros ao norte de Cuiabá, para debater alternativas viáveis à conclusão da BR-242. Parlamentares, prefeitos e produtores rurais irão debater mecanismos que possibilitem a conclusão da rodovia que corta o Brasil de Leste a Oeste, com tendência de redução substancial na logística de transporte, quando concluída, para a produção de Mato Grosso chegar aos portos do Oceano Atlântico.

    A economia dos municípios está diretamente relacionada ao agronegócio e que, na região, encontram-se instaladas grandes empresas que fomentam a produção, como as multinacionais Archer Daniels Midland (ADM), Bunge, Cargill, Dreyfus, Noble e Glencore, além de empresas nacionais, como Amaggi, Coacen, Fiagril e Multigran.

    A área de influência da BR-242, considerando 200 quilômetros para cada lado da rodovia, propiciará o aproveitamento agrícola em mais de 4,24 milhões de hectares em áreas de pastagem, com estimativa de produção de 26,8 milhões de toneladas de soja e 21,5 milhões de toneladas de milho. Ou seja:  a pavimentação da BR-242 representa um novo boom de desenvolvimento para Mato Grosso.

FONTE; OLHAR DIRETO

Categoria:Econômia

Deixe seu Comentário