IBAMA expediu a Licença de Instalação (LI) para construção das 8 (oito) pontes de concreto da BR-242/MT

As obras de construção das 8 (oito) Obras de Arte Especiais (OAE) da BR-242/MT localizadas entre Nova Ubiratã e Santiago do Norte (lotes 1 a 4) estão liberadas para iniciar.
O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) que conduz o licenciamento ambiental da rodovia expediu a Licença de Instalação (LI) n° 1170/2017 e a Autorização de Supressão de Vegetação (ASV) n° 1213/2017 em 10 de julho de 2017, após a vistoria realizada em setembro de 2016 pelo IBAMA e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) que é vinculado ao Ministério dos Transportes cumprir todas as exigências estabelecidas pelo órgão.
Em uma das condicionantes da LI o DNIT deverá apresentar no prazo de 30 dias o cronograma de obras considerando a sazonalidade das chuvas e em outra de grande relevância solicita a adequação e construção de 12 (doze) passagens de fauna, com suas respectivas cercas direcionadoras nos fragmentos florestais, ajudando a evitar o atropelamento de animais silvestres ao longo da rodovia.
As obras de implantação e pavimentação da BR-242/MT são de responsabilidade da Superintendência Regional de Mato Grosso com sede em Cuiabá.
O Consórcio Construtor Atrativa, Campesatto e Projecta, ganhador da licitação é responsável pela elaboração dos projetos de engenharia e execução das obras de construção das 8 pontes de concreto localizadas sobre os Rios Ferro, Bonito, Von dern Steinen, Ronuro, Capitão Jaguaribe e Santiago e dos Córregos Desejado e Água Limpa. O DNIT emitiu em 26/06/2015 a Ordem de Serviço e o consórcio deu sequência aos projetos por meio do contrato SR/MT nº 367/2015. Desde essa data o DNIT vem realizando todos os procedimentos para dar continuidade às obras.
A BR-242/MT constitui uma importante rota de escoamento da produção agrícola do Estado de Mato Grosso e com essa etapa de serviços irá concluir cerca de 156 km da ligação entre as rodovias BR-163/MT e BR-158/MT.
A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) dará continuidade à fiscalização dos serviços ambientais realizados pelo Consórcio Construtor Atrativa, Campesatto e Projecta, visando dar cumprimento às exigências do Plano Básico Ambiental (PBA) da rodovia até a conclusão dos serviços.
FONTE E IMAGENS: GESTÃO AMBIENTAL BR-242 (PAGINA OFICIAL DO FACEBOOK)
Categoria:Santiago do Norte

Deixe seu Comentário